Brasil, o país dos ricos

E aí galera, beleza? Espero que sim!

Estava a muito tempo com a ideia de fazer esse post, e só agora me deu coragem para escrever sobre esse assunto. Um dos motivos para essa motivação foi esse link AQUI. (Leia primeiro o meu artigo, depois você vê esse outro =P ). Esse artigo da revista Super Interessante fala basicamente sobre o PORQUÊ das coisas no Brasil serem TÃO CARAS.

É um alivio para mim saber que eu não sou o único que acha que os comerciantes / governo / empresas em geral pensam que eu vivo na SUÍÇA, para pagar TÃO CARO nas coisas ultimamente.

Frequentemente sou indagado porquê eu não paro de gastar meu dinheiro com porcarias e invisto na compra de um apartamento. As opiniões são sempre as mesmas:

Sheep, você já está ficando velho, você tem comprar um apartamento agora, porque depois vai ficar mais caro, você não vai perder dinheiro.

Com absoluta certeza a coisa que mais me incomoda em relação ao custo de vida no Brasil é o valor dos imóveis atualmente. Só para vocês terem um exemplo: em 2008, foi lançado aqui em Londrina um empreendimento da Vanguard Home (uma subsidiaria da construtora Plaenge) chamado Garden Belvedere (não sei exatamente qual é o nome, só sei que começa com Garden).

Eu como um cabrito que na época acabara de ganhar um aumento salarial, fui ver tal empreendimento. Visitei o apartamento decorado, era bacana, mas pequeno. Então meio que desanimei, mas ainda assim fui consultar o preço de uma unidade: R$ 80.000,00 – segundo a simpática vendedora que me atendeu naquele dia.

Na época pensei que fosse um preço até que razoável, COMPRÁVEL, como eu costumo dizer. O único problema eram as abusivas taxas de juros que os nossos queridos bancos cobram. Com isso desisti da ideia.

O tempo passou, o programa “Minha casa, Minha Vida” chegou, milhões de pessoas migraram da pobreza para a classe C e os preços também migraram para um outro patamar, subiram de uma maneira ABSURDA. Se você tem um mínimo de noção do que eu estou falando você deve saber que tenho razão. Esses dias resolvi entrar em contato com a YTICON (subsidiaria da construtora A.YOSHII) para me informar sobre um empreendimento que estava sendo construído na zona leste da cidade, perto do novo shopping.

Para minha surpresa, o preço do apartamento de 50 metros quadrados, MENOR que o que eu havia visto na Vanguard, por absurdos R$ 240.000,00 – isso mesmo, DUZENTOS E QUARENTA MIL REAIS. Sem mencionar o fato da região do apartamento ser PIOR que a do anterior. Um outro apartamento que eu havia visitado na mesma época, numa região valorizada da cidade, custava cerca de R$ 200.000,00. Caro, mas era um apartamento maior, aquilo que eu considerava o ideal. Por esses dias, olhando os classificados do jornal, o mesmo apartamento está sendo vendido por SEISCENTOS MIL REAIS!!

Pessoal, me desculpem quem comprou imóvel por esse preço, mas essa alta é INEXPLICÁVEL! Desde então me recuso a fazer qualquer tipo de investimento deste tipo, até porque meu salário NÃO acompanhou a alta dos preços. Eu até hoje achava que eu tinha um emprego bacana, com um salário até mais ou menos, mas depois dessa alta percebi que eu não tenho NADA!

Das duas uma: ou eu estou ganhando muito mal, ou a galera ta gastando IRRACIONALMENTE. Não é possível uma coisa dessas. Vejo muitas pessoas adquirindo dividas de TRINTA ANOS pra pagar AP de 50 metros. PUTA QUE PARIU! Tem que ser muito inocente pra ver que tem alguma coisa errada nisso tudo.

Definitivamente EU NÃO POSSO e NÃO DEVO fazer uma dívida desse tamanho com o salário que eu tenho, pra comprar um apartamento MINÚSCULO! Ai você vem e me fala:

Mas Sheep, as coisas sobem mesmo!

Calma aí cara pálida, nem se pegarmos a inflação da Argentina poderíamos justificar uma alta tão grande quanto essa. A piadinha feita no artigo da Super Interessante diz tudo sobre esse período maluco em que estamos passando:

Perguntaram ao ganhador do Big Brother:
- E aí? O que você vai fazer com o seu milhão?
- Vou comprar um apartamento em Brasília.
- E com o resto?
- O resto eu financio pela Caixa!

Agora vamos falar sobre outra coisa que eu “adoro”: o preço dos carros no Brasil. Ahhhhhhh! O brasileiro é apaixonado por carros, não é mesmo? Eu sou a prova viva disso, e confesso que me arrependo de ter comprado meu carro em tantas parcelas. Se fosse hoje, JAMAIS faria tal loucura novamente, quando penso em trocar ele por um mais novo, logo já lembro das parcelas que faltam ainda do meu carro atual e já desisto. Rs.

Acho que não é novidade pra ninguém que a menina dos olhos das grandes montadoras é o BRASIL. Aqui o povo tem uma sangria desatada pra comprar carro que eu desconheço outro lugar que possua algo ao menos parecido. O maior exemplo disso ultimamente é a HYUNDAI: quando comprei meu carro, um i30, ele custava 54 mil reais. Caro, mas era comprável. Hoje, o novo modelo 2013 pode ser encontrado até por NOVENTA MIL REAIS. Galera, isso é uma palhaçada. Com esse dinheiro eu compro um Audi usado. As montadoras tem no Brasil a salvação para suas operações, haja visto que aqui se consegue vender um GOL por até 50 mil reais, enquanto o valor do mesmo carro que é fabricado aqui no BRASIL e vendido para o MÉXICO, não passa de 30 mil. Já contando a taxa de importação!

As montadoras até esses dias davam a desculpa na alta carga de impostos pelo preço ABUSIVO que cobram nos carros em terras tupiniquins, porém vem sendo mostrado que não é bem assim. Um belo exemplo dessa farsa é explicado pelo ótimo vídeo do Canal do Otário:

E o último vilão dos preços no Brasil, que virou até motivo de piada, foi o tomate. De uma hora para outra ele saiu de, sei lá, uns R$ 3,00 o kg para R$ 9,00 – SEM NENHUMA EXPLICAÇÃO. Mas neste caso em especifico, houve um boicote e rapidinho ele voltou ao seu preço “normal”.

Na minha opinião, a única coisa que pode fazer com que essa situação mude somos nós mesmos. A partir do momento em que tivermos noção de que, não achamos dinheiro em árvore, e fizermos as coisas do jeito certo, esses abusos vão parar. É obvio que eu não sou o exemplo perfeito disso (atualmente quero comprar uma câmera cara para gravar videos =[ ), mas eu estou me esforçando.

E por hoje é só. Se você ainda não sabe mas eu tenho um canal no youtube!!!!! Chama se youtube.com/canaldosheep. Assistam os vídeos e se inscrevam no canal!

Um abraço!